Horário de negociação

É um facto que o mercado de Forex permite fazer trading 24 horas por dia, de segunda a sexta. Nos fins de semana e feriados, os mercados encontram-se fechados. Alias, os horários de trading são iguais aos dos bancos. Isto deve-se ao facto de que o mercado não funciona durante o fim de semana (os bancos também têm os dias de fecho aí).

A disponibilidade 24 horas do trabalho Forex é possível devido ao facto de que o mercado não se encontra ligado a uma região específica, encontrando-se disponível a todos os países no mundo inteiro. Portanto, quando chega a noite a um dos cantos do mundo e os bancos fecham, chega a manhã noutra parte do mundo e outros bancos abrem. Este é o princípio de continuidade do trabalho. Esta divisão do mundo em zonas dependendo da altura do dia é chamada de “Sessões de Trading”. Existem quatro sessões principais e estas seguem-se umas às outras, chegando a sobrepor-se por breves momentos.

AS sessões de mercado são um elemento importante do horário de trading, pois dependem diretamente do princípio de trabalho. Afinal, cada sessão tem as suas nuances e aspetos específicos, que se expressam na sua volatilidade aumentada ou reduzida, volume mais alto em pares de moedas específicos, e assim por diante.

Dado que o trading é realizado por todo o mundo, é necessário que os dados se baseiem num único horário, que irá funcionar como padrão. Durante muito tempo, o fuso GMT (Greenwich, Londres) funcionou como esse padrão. Atualmente, considera-se que este padrão se encontra desatualizado e tem sido substituído pelo fuso UTC (Tempo Universal Coordenado), como padrão.

Estas são as quatro principais sessões, os seus maiores negociadores e o horário de funcionamento:

  • Sessão asiática – Tóquio, Hong Kong, Singapura - das 02:00 às 11:00
  • Sessão europeia – Frankfurt, Londres - das 08:00 às 17:00
  • Sessão dos Estados Unidos – Nova Iorque, Chicago - das 15:00 às 24:00
  • Sessão do Pacífico – Wellington, Sydney - das 22:00 às 06:00